top of page

Incentiv.me = Impacto social do Brasil para o mundo



Para a Versão em Inglês mude a bandeira do país no site

Um histórico de trabalhos voluntários desde os oito anos de idade fez com que Douglas Nicolau, fundador da Incentiv.me, vencedora da categoria Social Impact do Latam Edge Award 22, se interessasse muito cedo por projetos sociais e fizesse deste segmento a razão de ser de sua atividade empresarial.


Ao longo da vida de administrador, gerenciando e criando projetos para serem subsidiados pelas Leis de Incentivo, ele foi percebendo que o trabalho de viabilização de projetos enfrentava muitos obstáculos devido, em grande parte, à falta de conexões entre o proponente e o apoiador.

A pergunta era: por que mais de 60% dos projetos morrem no papel e por que esta conta não fecha? Nascia aí, o embrião de uma empresa que começou criando e realizando projetos sociais e que se transformou em um uma TaxTech - uma startup que faz uso tecnologia para inovação tributária.


Com a entrada no Programa de Aceleração - StartUp Farm - no Campus da Google em 2015 , os fundadores conseguiram validar sua tese e colocar de pé a Incentiv.me, cujo foco é entregar uma solução completa para empresas que querem usar os incentivos fiscais para apoiar boas causas e conectá-las a instituições que precisam dos recursos. Para isso, criaram um marketplace que conta hoje com mais de 400 projetos e mais de 120 empresas interessadas em patrocinar totalizando mais de U$ 200 milhões em investimentos e cerca de 1 milhão de vidas impactadas indiretamente, através dos projetos viabilizados.


A plataforma foi apenas o começo. A partir dela, a Incentiv.me desenvolveu um Mapa das Leis de Incentivo que conta com uma calculadora de potencial que ajuda empresas na identificação de todos os benefícios fiscais que ela pode utilizar.

O segundo produto é a Conecta, um plataforma de marketplace, que automatiza parte do match entre as companhias e as iniciativas mais relevantes para suas estratégias de responsabilidade social. Recentemente, a empresa lançou um terceiro produto que é uma ferramenta de governança e transparência, a Monitore. Através dela, é possível que empresas acompanhem projetos sociais investidos por meio de impostos e verba direta, comprovando iniciativas de ESG, através de relatórios de desempenho.

"Recentemente vi um relatório da EY dizendo que 81% do tempo de trabalho dos envolvidos em ESG é gasto caçando dados! Nós entregamos dados atualizados em tempo real de forma clara e isso acaba sendo um ganho de tempo e recursos financeiros para quem quer investir" comenta Douglas.

Executivos de Impacto


Em 2018, a empresa realizou sua primeira rodada de investimentos tendo recebido aporte de US $1.4 M, liderado pela Harvard Angels com investimento da Anjos do Brasil e da Insper Angels. Ao invés de usar os recursos no fluxo de caixa, resolveu investir na criação de uma Rede de Executivos de Impacto, para trazer mais engajamento para os projetos. "Eles nos ajudam com mentorias, aberturas junto a grandes empresas e em 2021 fizemos uma nova rodada de investimentos e chegamos a 220 executivos C-Level que nos ajudam a fortalecer muito esta comunidade' diz ele.


Com a rede implementada, os projetos na Incentiv.me começaram a ganhar mais velocidade gerando um ambiente ganha-ganha para todos. Podem participar desta rede convidados e interessados que passam por uma seleção e integração. É importante que as pessoas tenham o foco em auxiliar a tirar projetos sociais do papel.


Hoje, os projetos são, em sua maioria, das áreas da Educação, Cultura e Saúde. Cerca de 3% apenas são da área de esportes. "Uma área que vem crescendo muito é a de inclusão e diversidade”, conta Douglas.


Como funciona


Para estarem na Incentiv.me, os projetos devem estar aprovados nas Leis de Incentivo. Não é cobrada nenhuma taxa para inserir o projeto no marketplace.

Ë assinado um contrato de captação de recursos e, a partir disso, são realizadas apresentações com potenciais investidores. Feito o matchmaking, o projeto, conforme previsto pelas Leis de Incentivo, paga um success fee para a Incentiv.me, por sua atuação como captadora.


O acesso à plataforma por parte das empresas é gratuito para estimular que mais empresas busquem os projetos. "Só para ilustrar, 65% das empresas em nosso ecossistema não usavam incentivos fiscais e passaram a usar" conta Douglas.


Concorrência e expansão internacional


Empresas como a Incentiv.me enxergam o mercado onde atuam como uma grande rede de potenciais parcerias e isso facilita muito o incentivo à conexão com eventuais concorrentes que, na verdade, acabam aderindo também à parcerias com a empresa. Hoje ela está em 35 municípios e 12 Estados do Brasil buscando cada vez mais sair do eixo Rio-São Paulo para que novos projetos possam ser incentivados em diferentes regiões do país. "Se formos pensar na Incentiv.me como ela é hoje, acreditamos fortemente que somos uma empresa estruturada para trabalhar a questão dos incentivos de ponta a ponta", ressalta Douglas.



Desafios futuros


Ao longo dos anos, os clientes com operações no exterior da Incentiv.me passaram a demandar informações sobre Leis de Incentivo em outras regiões do globo como forma de apoiar projetos sociais. Esse movimento fez com que a empresa passasse a olhar com mais atenção sua operação em mercados externos ao Brasil. "Estar no Latam Edge Award 22 teve tudo a ver com o nosso momento atual ``, comenta Douglas.


A expansão deverá se dar através da plataforma com a integração de players locais dada a complexidade do negócio. Para isso, a empresa busca parametrizar seus resultados usando métricas internacionais que são o Estado da Arte em impacto social. "Ainda não existem um ou dois parâmetros únicos pois tudo é muito novo nesta área, mas trabalhamos consolidando vários parâmetros para ter o melhor nível de informação possível. Para isso criamos ao longo do tempo um acervo de Leis de Incentivo para consulta que permite escolher os melhores parâmetros para cada caso", conta Douglas afirmando que a empresa tem um compromisso forte com a transparência e disso não abre mão.

Ainda falando dos desafios para daqui a dois anos, Douglas cita a escolha de colaboradores pois esta é uma área crucial na empresa. Outro desafio é o aumento da polarização no Brasil que vem diminuindo a escuta. "É preocupante e vejo que teremos tempos difíceis pela frente. Dialogar é fundamental". O terceiro desafio é pensar na internacionalização sem perder o foco do negócio local, trabalhando de forma planejada, com o pé no chão.

"Queremos que projetos relevantes tenham acesso a recursos com muita transparência. Isso é bom para o projeto, bom para a empresa e muito bom para todos" finaliza ele.

Para mais informações é aó acessar www.incentiv.me

コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page